Magazine - Rede Conecta

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Teoria dos Buracos Brancos

 
A maioria das pessoas já ouviu falar do buraco negro, no entanto, o buraco branco é pouco conhecido.  Buraco branco é uma espécie de regressão (no tempo) de um buraco negro. Em geral, diversas matérias surgem repentinamente a partir de um buraco branco; um exemplo mais evidente de buraco branco é o Big Bang, em seu processo mais primitivo. Ele pode ser considerado como um espaço contido além dos limites de um buraco negro.

Teoricamente, um buraco branco consiste em um tipo de “túnel” que conecta dois lados opostos do espaço sideral, se algo entrar em uma das extremidades do “canal” chegará imediatamente à outra parte. 


As informações apresentadas estão de acordo com a teoria da relatividade. Segundo essa teoria, o buraco negro é uma região do espaço sideral de onde a matéria não pode escapar. Já o buraco branco é uma região do espaço sideral onde nada pode cair - em razão da enorme força gravitacional, que não permite tal deslocamento. 

O universo é repleto de coisas estranhas e maravilhosas. Os mais recentes estudos indicam que o objeto classificado como GRB 060614 (uma explosão de raios gama) é, provavelmente, um dos mais estranhos e maravilhosos de todos. A explosão GRB 060614, ou explosão de Ralph como ficou conhecida, foi detectada pelo satélite Swift da NASA em 14 de junho de 2006 como sendo uma explosão de raios gama com propriedades um tanto quanto diferentes.

Explosões de raios gama são as mais poderosas e destrutivas explosões do universo. Elas, no geral, ocorrerem de duas formas: explosões de longa duração, normalmente causadas pela súbita liberação de energia que ocorre quando uma estrela colapsa em um buraco negro  criando um evento conhecido como supernova. E explosões de curta duração, que normalmente ocorrem quando estrelas de nêutrons (estrelas superdensas) colidem.

 Hoje, suspeita-se que a fonte de luz seria um buraco branco, porque sua descrição é bastante semelhante ao observado. Por enquanto, devemos esperar para ter um novo evento que possa ajudar a confirmar ou não a existência deles. Porém, como seus defensores dizem: "Se um buraco negro suga matéria, deve haver uma contrapartida para fazer o oposto. Além disso, até poucas décadas atrás ninguém acreditava na existência dos próprios buracos negros."


Assista ao vídeo: Teoria dos Buracos Brancos

Fonte: [Brasilescola],[UFO],[oficinadanet]

"É certo  que se uma particula de matéria interestelar, não mais do que uma bola de futebol, mas com uma densidade de 100 planetas formada de partículas de um estrela de nêutrons, poderia atravessar a terra . Os buracos negros absorvem a matéria, enquanto expele um buraco branco. Ou seja, uma explosão de um buraco branco pode teoricamente expulsar matéria no universo.
Se esse material pequeno e tão denso atingisse a terra, quais seriam nossas perdas?

Tempestades de radiação solar e outros eventos anormais seriam notados no mundo.
O pior delas é que a passagem dessa matéria densa pelo planeta afetaria a rotação da terra, fazendo que, em  algum momento ela iria parar de girar completamente.
Haveria um colapso da produção do campo magnético da Terra que resultaria em uma magnetosfera débil, especificamente dizendo: eliminaria a radiação do cinto de Van Allen que nos protege da radiação mortal cósmica. (Este cinto é gerado pela rotação da terra.)
E se a terra parar, metade do mundo irá congelar no escuro e a outra metade vai queimar na frente do sol.  Apenas uma pequena parte da terra nas suas extremidades poderá sustentar a vida, porém sua superfície estará sujeita a radiação solar mortal."
Trecho do filme Earth's Final Hours (2011)


Jane Binário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dna Binário agradece seu comentário.
Seja sempre bem vindo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...